Imprimir

Noblah mostra seu ‘infinito particular’ no videoclipe de ‘Carta do Louco’, gravado no Acervo da Laje

Escrito por Marcelo em . Postado em Informativo

Noblah mostra seu ‘infinito particular’ no videoclipe de ‘Carta do Louco’, gravado no Acervo da LajeSeguindo o fluxo de lançamentos semanais, Janaína Noblah mostra um pouco mais de si no videoclipe da música “Carta do Louco”, gravado no Acervo da Laje, localizado em São João do Cabrito, no bairro de Plataforma, em Salvador. O espaço reúne obras e contribuições de artistas da periferia e foi escolhido pela MC por ser um lugar onde há a expressão da arte sem rótulos e totalmente diferente do convencional.

O responsável pelo local é José Eduardo Ferreira dos Santos, professor doutor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), ao lado de Vilma Santos, sua esposa. A residência do casal foi inteiramente tomada pela arte e se transformou no Acervo. O intuito de Eduardo é mostrar que no Subúrbio também tem coisas belas. Lá, são encontrados azulejos, livros, máscaras, pinturas, conchas, quadros, madeiras e cerâmicas expostas aos visitantes em dois sobrados. 
O primeiro local ficou pequeno para tantas peças e, em 2015, construíram a Casa 2, onde realizam oficinas, reuniões e palestras mensalmente. Com vista para o mar e para a linha ferroviária, a Casa 2 tem três andares e duas escadas anexas ao lado de fora, ambas cobertas por mosaicos de azulejos de épocas variadas.

A música “Carta do Louco” fala sobre o infinito particular de cada ser e, para Janaina, a interação durante as gravações no Acervo fez com que ela pudesse sentir a essência e personalidade de Eduardo. “Ele é uma pessoa que admiro por tanta sabedoria, sensibilidade e humildade. Com muita gratidão e honra, pude gravar nesse espaço, o qual me senti em casa, cercada de todas as artes ali colocadas, com muito amor”.
Felice Souzatto, que é bacharel em Artes Cênicas e Interpretação Teatral pela UFBA, fez a direção artística do clipe. Trabalhou com Noblah de uma maneira que ela pudesse extrair o melhor de si e conseguisse se expressar durante as gravações, alem de cuidar da maquiagem e figurino.

Para a atual campeã da 1ª Liga Nacional Feminina de MC's, “Carta do Louco” tem dois sentidos. “Um deles é que, quem compôs essa música foi minha mais pura inspiração, sem nenhum tipo de censura, ou seja, minha lou(cura). O outro sentido é a carta do louco do Tarot, que acho uma carta interessante,  pois é ela que nos impulsiona a seguir em frente, ser espontâneos e não ter medo”.

Durante o clipe, aparece um quadro com um retrado pintado da avó de Janaina, dona Ronilda Noblat, grávida do seu pai, Pedro Noblat. Esse foi um dos momentos mais especiais para a MC, durante a filmagem. “Isso se encaixa na parte – ame agora, viva agora, ou seja, somos instantes e no fim, são os momentos que marcam nossas vidas. Valorizar o presente, compartilhar momentos felizes é divino. Amar mais, julgar menos, a música é uma homenagem ao amor incondicional e a oportunidade que temos de aprender uns com os outros”, finalizou.

O videoclipe foi gravado e finalizado por Marcelo Nascimento e Darlan Barreto (Asa Produtora). A música tem o instrumental de MDN Beatz, captação, mixagem e masterização por Christian Dactes. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar