Imprimir

Produtor veterano, Eazy CDA Lança Cd de estreia como Mc: Gol de Honra

Escrito por Marcelo em . Postado em Informativo

Produtor veterano, Eazy CDA Lança Cd de estreia como Mc: Gol de Honra“GOL DE HONRA” é o CD de estreia do MC e produtor musical Eazy CDA. O trabalho, viabilizado com os benefícios do Fundo Municipal de Cultura - Edital Descentra, é uma coletânea dos melhores momentos da imersão do artista no rap. Desde 1999, ele escreve e desenvolve seus próprios beats, e agora apresenta seleção de trabalho autoral, que chega ao mercado por meio de selo próprio, o Xeque Mate. O lançamento acontece nas principais plataformas digitais, dia 13 de julho, seguido por shows no Duelo de MCs (16 de julho), Atitude Consciência Norte (16 de setembro) e no Centro Cultural Salgado Filho (23 de setembro). Eazy CDA também está confirmado na programação do Cidade Hip Hop, no final do ano. E, todos os shows, ele é acompanhado pelo DJ Reinaldo Café.

Na faixa autobiográfica “Eazy CDA”, ele se apresenta como artista e ativista social. “Faço uma simbiose entre a vida e o movimento”, comenta, lembrando que musicalmente buscou referências dos sons de Los Angeles, transitando pela musicalidade das ruas. “Meu Hip Hop” é um tributo ao movimento cultural assumido como “um estilo de vida” pelos grupos. “Comparar Nem Dá” recupera o início dos anos 2000. “É uma discussão muito ferrenha sobre a discriminação contra os rappers que não tem formação musical acadêmica”, ele afirma. A música, auto-afirmativa, defende a estrutura poética e estética do gênero. “Impossível dizer que não é música um som que oferece parâmetros, tem conceito, arranjo, poesia”, reforça. Em “Necessidade Pura”, o rapper explora interseções com o jazz e a MPB, com “foco lírico”.

O disco conta com várias participações. Foram convidados Marcelo LA, Black Sing, Pdrão, Jussara Rezende, Monge MC, Rudh e THL (SMV), Gordão e Brunão (UAISS), Neghaum, Raduh, Lord Pow Mx e Rodrigo Martins. A escalação, lembra Eazy, leva em conta as parcerias de trajetória. “É um time de primeira linha. Artistas que me ajudaram a construir minha carreira e que acreditaram em mim como produtor e MC”.

Para Eazy CDA, o lançamento do CD “O GOL DE HONRA” é um marco em sua trajetória no movimento Hip Hop. Depois de passar a juventude dedicado à dança de rua, e há mais de 20 anos ter fundado o selo Xeque Mate, pelo qual apoiou e apoia o surgimento de novos talentos do rap mineiro, ele se lança o desafio de voltar a atenção às suas próprias criações. Conta com o apoio do produtor Roberto Raimundo e equipe do coletivo Estética Urbana, integrado por veteranos na cena. “No jogo da vida, deixei o meu gol. É um trabalho para lavar a alma, para quem não desiste do seu objetivo”, afirma.

SOBRE O ARTISTA

Hertz Bento Pereira, o Eazy CDA, nasceu no bairro Cabana, tem 38 anos de idade. Fundou o selo Xeque Mate em 1996 e desde então se dedica exclusivamente ao movimento hip hop, como artista e produtor musical.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar