Imprimir

Rapper Xaga quer voar alto para retratar a realidade do subúrbio no álbum de estreia “Asas de Ouro”

Escrito por Marcelo em . Postado em Informativo Rap

Rapper Xaga quer voar alto para retratar a realidade do subúrbio no álbum de estreia “Asas de Ouro”
Nome em ascensão no rap carioca, Xaga abre o coração em seus versos e divide ansiedades, angústias e um olhar afiado sobre a cidade e a busca por seus objetivos. Mirando alto em seus sonhos, ele lança “Asas de Ouro”, seu álbum de estreia. O projeto conta com participação de Sant, Ghetto ZN, Paige e DJ Erik Skratch e está disponível em todas as plataformas de música digital.
Nascido Diego Chagas na Baixada Fluminense, ele se interessou pela cultura hip hop em 2007, quando começou a testar batidas e rimas. Com o passar dos anos e um contato mais intenso com o rap nacional, Xaga tomou para si uma missão: propagar verdade, inspirar jovens e se tornar relevante no cenário musical através das suas ideias, voz e princípios. E passou a estudar para desenvolver um estilo de lírica e de produção musical. O resultado disso é “Asas de Ouro”.
“O álbum representa a minha versão e ponto de vista de assuntos pessoais, obstáculos superados, evolução musical e principalmente a quebra de barreiras sociais e raciais. Venho produzindo esse disco há mais de um ano, onde pude, além de cantar e dirigir, produzir 10 instrumentais”, conta o artista.
Ele assina a produção musical de quase todas as faixas e conta com co-produção de nomes como Nansy Silvvz (Baco Exu do Blues e Raffa Moreira) e Anubis (Coeso Norte e NeurótiClã). O álbum foi gravado no Erva Doce Studio, espaço na Zona Norte do Rio onde Xaga é um dos sócios e conta com participações de nomes destaque do hip hop suburbano carioca, como Sant e Ghetto ZN.
“Gravamos todas as vozes no nosso próprio estúdio. E eu mesmo me gravei em 5 faixas desde os momentos de composição, sozinho no estúdio, onde eu precisava imediatamente gravar e sentir aquela energia na hora”, conta Xaga.
O disco dialoga com a rotina de lutas internas para seguir vencendo (“Sensei”, “Talismã” e “1992 Depois de Cristo”), com religião (“Intro”) passando por términos de relacionamento (“Romances e Pisantes” e “Cactos no Litoral”) e a realidade do subúrbio do Rio (“Maldição do Rio” e “Bandido”).
“Com esse álbum, espero poder abrir as visões das pessoas que o ouvirem, em relação ao mundo que vivemos, se portando com auto estima e confiança elevada”, conclui Xaga.
“Asas de Ouro” é uma produção independente e está disponível em todas as plataformas de música digital.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar