Imprimir

Yzalú lança Web Video em Memória de Luana Barbosa

Escrito por Marcelo em . Postado em Internacional

Yzalu

Na semana em que acontece a 20ª Parada do Orgulho LGBT, Yzalu lança o primeiro videoclipe do álbum "Minha Bossa é Treta". O primeiro single do CD, "deixo ir", lembra de Luana Barbosa dos Reis, moradora da cidade de Ribeirão Pires que fi morta pela própria polícia, segundo a família Luana só sofreu a violência por que era lésbica.

A canção retrata a foça do amor entre duas pessoas e suas fragilidades, poderia ser a trilha sonora de qualquer história de amor, mas Yzalu foi além e usou a videoclipe para denunciar a Lesbofobia, um ato de intolerância que vitimiza mulheres todos os dias, cometido por pessoas que se incomodam com a orientação sexual do outro.

Yzalu considera a discussão sobre o assunto de extrema urgência, ela ressalta que "todos os dias  pessoas são agredidas e até mesmo mortas somente por que sua forma de amar não é aceita pela sociedade". No Brasil, a lesbo-gay-fobia não e considerada crime, muito embora seja mais do que sabido que a orientação sexual motiva grande parte dos atos de violência.

O clipe de Yzalu faz menção ao sofrimento das vitimas de Lesbofobia, que são rejeitadas pela sociedade em situações cotidianas e até mesmo recorrem á medicamentos para acabarem com a dor de serem discriminadas, além disso a obra brinca com frases que expõe o pensamento e a cultura lesbofobica que culmina em vitimas de diferentes formas de violências.

Quem assinou a fotografia do Videoclipe foi o Documentarista Cadu Silva, o figurino ficou por conta da Stylist Daniela Oliveira. O videoclipe contou com as participações da Modelo Isabela Santos, a Rapper Dory de Oliveira, e Atriz Suzi Jardim, e  também  Rapper LC e Músico Fábio Oli entre outros. "É sempre um prazer  trabalhar com profissionais deste porte" diz Yzalú.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar